Uma viagem à aceleração tecnológica de Silicon Valley

silicon valley artigo

 

Silicon Valley é conhecido por todos como o mundo da tecnologia e inovação. Mas, o mundo já era mundo muito antes da internet. E Silicon Valley, o que era? Será um exagero dizer que, deste Vale, saíram empresas que revolucionaram o modo como vivemos atualmente?

 

Hoje, em Silicon Valley, estão cientistas e engenheiros altamente qualificados, grandes investidores e universidades de elite. Apesar de difícil de imaginar, até à década de 50, a área de Santa Clara era predominantemente uma zona agrícola, repleta de árvores de fruto. San Jose, onde se situa a famosa “Bay Area”, era a capital da fruta enlatada e a Universidade de Stanford (hoje uma das maiores universidades do mundo e ponto de partida para o que SV se viria a tornar) era apenas mais uma escola de ensino superior.

O termo Silicon Valley surgiu em 1971 por Don Hoefler, jornalista norte-americano, e significa, entre outras coisas, determinação, inteligência e paixão por tecnologia. E este nome não poderia estar mais de acordo, pois foi com a HP, a primeira start up tecnológica da história que, pela mão de dois colegas da Universidade de Stanford nasceu Silicon Valley. A Hewlett-Packard tornou-se num dos grandes pilares do progresso tecnológico da zona e, durante muito tempo, foi a empresa de referência onde todos os engenheiros gostariam de trabalhar.

Desde o início que este “Vale dos Sonhos” foi o berço de grandes empresas e a HP não foi o único nome nascido e criado no Vale. Em 1959, foi inventado aquilo que viria a mudar a vida de toda a população mundial e a indústria eletrónica de Silicon Valley: o primeiro circuito integrado capaz de ser produzido comercialmente, um circuito eletrónico completo dentro de um chip de silício. Com isto nasce a revolução do computador pessoal e a Intel.

Em meados dos anos 90, com a Apple, a Microsoft e a IBM já na corrida, a indústria tecnológica cresce a um ritmo muito acelerado e Silicon Valley tornara-se palco de todos os acontecimentos.

Em meados de 1994, com o lançamento da internet para o público em geral, surgem uma panóplia de novas empresas – preponderantes no mercado da atualidade – como a CiscoYahoo!Amazon eBay. E, novamente, por via de dois colegas da Universidade de Stanford, surge o que veio redefinir a forma como utilizamos a internet hoje em dia – a Google.

À medida que a Internet crescia com a ajuda de grandes investimentos, Silicon Valley era o lugar onde todas as pessoas com novas ideias queriam estar, pois era lá que toda a ação acontecia.

O início do século XXI confirmou o verdadeiro poder da Internet e durante estes últimos 19 anos, reinventaram-se indústrias e criaram-se outras completamente novas. Indústrias essas que iriam mudar as nossas vidas para sempre.

Com o aparecimento das redes sociais, as invenções revolucionárias da Apple e o posicionamento do Android, temos assistido a uma feroz evolução dos smartphones, tablets e computadores pessoais. Até agora, o século XXI veio confirmar aquilo que um local com imenso potencial, espírito inovador e tecnológico e altamente qualificado como Silicon Valley pode alcançar.

img siliconavalley

Não restam dúvidas que o Vale comandou o progresso tecnológico do século XX e mostra ambição para o continuar a fazer. O relatório do mais recente estudo da CB Insights, centrado nas zonas do globo onde se registam as maiores atividades tecnológicas, destaca o domínio de Silicon Valley que, desde 2012, viu mais de 12 mil negócios feitos por 7.000 mil empresas. Este polo fez mais negócios na área tecnológica do que todas as metrópoles fora dos Estados Unidos combinadas.

É impossível prever o que o futuro reserva, apenas podemos olhar para o que temos e conhecemos hoje e tentar perceber em que direção as coisas irão evoluir. Ainda assim, sabemos que, inevitavelmente, novas indústrias irão surgir. Neste momento, é possível perceber que o futuro passa pela Inteligência Artificial, Internet das Coisas, carros autónomos e computadores quânticos; e estes são apenas alguns dos tópicos que mostram capacidade para encarar o futuro e vencer. Por outro lado, temos também tecnologias como o Blockchain e as Criptomoedas que deverão continuar a evoluir e que também mostram muito potencial.

Mas mais do que o impacto a nível empresarial, facilmente experienciado/sentido em Silicon Valley, é o empoderamento a nível pessoal e individual que mais se faz sentir, como afirmam os testemunhos dos Alumni do Programa de Imersão de Executivos do Global Strategic Innovation, gerido pela LBC.

Por tudo isto, podemos considerar Silicon Valley como um “estado de espírito” de desafio permanente onde a aspiração e o sonho são o motor de geração de ideias, onde a aceitação do risco e da tentativa e erro são forma de crescer e desenvolver empresas e, acima de tudo, onde a construção de redes de confiança e partilha de conhecimento e vivências são a verdadeira recompensa desta jornada tecnológica. 

Quer saber como podemos ajudar?

Fale com um dos nossos gestores de clientes:

  

melhores empresas

Mantenha-se informado com a nossa newsletter


Dare to be Innovative, Embrace Transformation and Deliver a better world.
© 2019 LBC